Núcleo de Setúbal da URAP assinala o Dia da Mulher

Actividade > Notícias 

montra_viva_da_urap_009A montra viva da Delegação de Setúbal da URAP

A propósito do Dia Mundial da Mulher a Delegação de Setúbal da URAP inaugurou no dia 6 de Março uma exposição na sua montra. Esta, composta por três planos tem, no superior, um painel que relata o acontecimento passado em 1875, em que as mulheres operárias de uma fábrica reivindicavam que o período de trabalho diário passasse de 16 para 10 horas e que os seus salários, de cerca de um terço do dos homens para trabalho igual, fosse equiparado.

Perante a recusa da entidade patronal as operárias, nas suas justas reivindicações, ocuparam a fábrica como forma de luta.

A sua acção acabou por ser reprimida com extrema violência, sendo as mulheres trancadas dentro da sua secção e esta incendiada, de que resultou a morte horrorosa, por carbonização, de 130 mulheres.

Este acontecimento horrorizou o mundo e em 1910, em Conferência realizada na Dinamarca, foi considerado que o dia 8 de Março fosse considerado O Dia Mundial da Mulher.

Esta data foi oficializada por decreto, em 1975, pela ONU.

Junto deste painel está uma jarra com cravos vermelhos e fotografias de mulheres em manifestações reivindicativas.

Nos outros planos da montra estão expostos pequenos quadros com pinturas de mulheres, vários livros escritos por mulheres, que tratam de problemas da liberdade, da defesa dos seus direitos ou com temas com elas relacionados. Alguns de autoras célebres.

Esta decoração da montra sucede à que mostrava testemunhos da repressão salazarista através de uma composição sobre o Tarrafal, fotografias de Peniche e trabalhos feitos pelos ex presos políticos quando  por lá estiveram.