URAP recebe delegação cubana

Actividade > Notícias

bandeira_cubaA URAP recebeu na sua sede, no passado dia 8 de Setembro, a companheira cubana Betina Palenzuela, da Associação dos Familiares das Vítimas do Terrorismo contra Cuba, acompanhada por Lázaro Mujica, sub-director do jornal cubano "Granma", e por Ivette García, da embaixada cubana. Betina é filha de Adriana Corcho, uma das vítimas mortais do atentado bombista perpetrado em Portugal, em 1976, contra a embaixada cubana.


A delegação cubana foi recebida por Aurélio Santos, coordenador da URAP, Ana Pato e Encarnação Raminho, do Conselho Directivo, e por Diamantino Torres, também no Conselho Directivo e filho de uma funcionária portuguesa da embaixada na altura do atentado, recordada com carinho pelos meninos cubanos que acompanhava (entre os quais os irmãos de Betina).

cinco_herois Durante o encontro, foi sublinhada a actualidade da luta antifascista e da luta antiterrrorista. Os companheiros cubanos destacaram a importância da denúncia do caso dos 5 heróis: um caso de prisão política e de violação dos direitos humanos contra Cuba, executada pelos EUA. Trata-se de cinco cubanos que, por combaterem o terrorismo contra Cuba em solo norte-americano, foram feitos prisioneiros pelas autoridades deste país. Desde então que grandes campanhas de solidariedade internacional têm sido levadas a cabo, um pouco por todo o mundo. Está agendada uma revisão da sentença para o próximo 15 de Outubro. Assim, até esta data e a partir de 12 de Setembro (aniversário da sua detenção), levar-se-á a cabo uma "Jornada Internacional" de solidariedade para a qual chamamos a atenção.

(Saber mais: Granma Internacional , um comité de solidariedade )