URAP desfila no 25 de Abril com uma forte presença de sócios e amigos e o Comité Executivo da FIR

25abril2011_6.jpgCerca de 100 sócios e amigos da URAP estiveram presentes no desfile da Avenida da Liberdade, em Lisboa, participando no desfile que assinala todos os anos as comemorações populares da Revolução de 25 de Abril de 1974. Com Abril e as suas conquistas estiveram vários núcleos e delegações da URAP que este ano contaram com a presença dos membros do Comité Executivo da Federação Internacional de Resistentes, a propósito do acolhimento em Portugal de uma das suas reuniões.

25abril2011_2.jpg

Este facto, a que se juntou a forte mobilização para o desfile em termos gerais, significou para os membros de organizações de resistência antifascista e de veteranos da luta contra o nazi-fascismo um testemunho impressionante acerca da mobilização popular pela celebração da Revolução de Abril a defesa das suas conquistas.







Para além disso, e 25abril2011_3.jpgcomo também se tornou já habitual, a presença da URAP foi entusiasticamente saudada por muito dos populares que se encontravam nos dois passeios laterais do percurso.









25abril2011_4.jpgEsse facto, aliado à alegria, combatividade e permanência das palavras de ordem entoadas em uníssono transmitiram aos membros alemães, gregos, húngaros e russos presentes a confirmação do trabalho e inserção real da URAP no seio da sociedade portuguesa, tal como o seu comprometimento em defender os direitos conquistados com Abril, assim como celebrar o passado de luta e resistência abnegada de todos quantos contribuíram para que o 25 de Abril fosse possível.





25abril2011_9.jpgEsta presença é bastante importante numa altura em que as ameaças ao caminho que Abril iniciou se estão a adensar e exigem uma resposta de luta e confiança por parte do povo português, no sentido da defesa da Constituição da República Portuguesa como baluarte dos direitos políticos, económicos, sociais e culturais que só com o 25 de Abril se tornaram realidades em Portugal. Tal como se afirmou uma vez mais que todos a luta antifascista durante quarenta e oito anos permitiu derrubar o fascismo em 1974, tendo por isso uma continuidade que a URAP continua e continuará a evocar como testemunho verdadeiro do que foi a ditadura fascista no nosso País, sobretudo junto das novas gerações, já nascidas com Abril e a suas conquistas. Também foram vários os jovens presentes junto aos panos de desfile da URAP, assim como em todo o desfile, assegurando que com a força da juventude será possível continuar a afirmar Abril como um projecto de futuro para a nossa sociedade.

25abril2011_5.jpgEssa realidade ficou, por isso, bem patente junto dos delegados estrangeiros recebidos pela URAP em Portugal, visto ser também um estímulo para a luta necessária a travar nos seus países, na defesa da preservação da memória da resistência à barbárie nazi-fascista e no afirmar do progresso, paz e justiça social para os seus países.