Por Terras da Reforma Agrária - XI visita guiada do núcleo de Santa Iria de Azóia

xi_visita_guiada-montemor_1.jpg"Por Terras da Reforma Agrária" foi o lema escolhido para a a XI visita guiada do núcleo de Santa Iria de Azóia que levou, dia 19 de Maio, mais de três dezenas de pessoas a visitar Montemor-o-Novo e Santiago de Escoural. António Gervásio - grande resistente anti-fascista e protagonista da famosa fuga de Caxias de 1961, realizada no carro blindado de Salazar -, originário de Montemor, recebeu o grupo que se deslocou em seguida para a Câmara Municipal.

xi_visita_guiada-montemor_2.jpgCarlos Pinto de Sá, presidente da Câmara, fez uma exposição sobre a história do município e das suas gentes, bem como das lutas e avanços conseguidos, apesar da destruição dessa bela conquista dos trabalhadores rurais do Alentejo: a Reforma Agrária.


O paralelo entre o 50º aniversário da conquista das oito horas de trabalho nos campos do sul, que este ano se comemora, e a actual ameça de desregulação do horário de trabalho, impondo novamente a sua extensão, sem remuneração, ao sabor dos interesses do patronato, foi amplamente evocado durante a visita.


O grupo prestou homenagem a todos os que tombaram na luta pela liberdade junto ao monumento a José Adelino dos Santos, assassinado em 1958 durante uma concentração popular no município.

Na ocasião, António Gervásio fez uma breve síntese do papel desempenhado por José Adelino dos Santos, militante do PCP, nas lutas desse tempo.


O monumento de homenagem aos resistentes antifascistas de Montemor, uma obra da responsabilidade do núcleo da URAP local, foi também visitado e junto a ele foi depositado um ramo de flores.


Momento alto da visita foi também a deslocação ao Centro de Documentação e Arquivo da Reforma Agrária, inserido no Arquivo Municipal, onde está depositado o acervo de cerca de 60 antigas UCP's e cooperativas da Reforma Agrária e tratada e conservada toda a documentação sobre o tema.

António Gervásio fez uma breve exposição sobre a documentação que ali se encontra e sobre a importância daquele local para preservar a memória daquele período histórico da Revolução de 1974.


Durante o almoço foi rifado o livro de António Gervásio, "A Reforma Agrária é Necessária", autografado pelo autor.


A tarde foi dedicada a Santiago do Escoural. O grupo foi apoiado pela autarca da Câmara, Vitalina Roque Sofio, e deslocou-se ao cemitério local para prestar homenagem à memória de José Caravela e António Casquinha.

Os dois operários agrícolas foram assassinados em 1979, durante uma concentração na UCP Bento Gonçalves, em luta contra a entrega de gado aos agários, sob a protecção de um batalhão da GNR que abriu fogo.

Na impossibilidade de visitar as famosas grutas, onde existem vestígios pré-históricos, o grupo ouviu uma explicação completa das grutas e dos vestígios dada por um responsável do Centro de Interpretação das Grutas, em Santiago do Escoural.