Bento Gonçalves - retrato de um antifascista morto há 70 anos no campo de concentração do Tarrafal

bento_goncalves.jpgA URAP realizará, em parceria com a Biblioteca-Museu República e Resistência, no próximo dia 27 de Setembro uma sessão, inserida no ciclo de conferências "Rostos da Resistência", sobre a vida e luta do resistente antifascista Bento Gonçalves e o seu contexto histórico. Na sessão, que terá lugar no espaço Grandella (Estrada de Benfica, nº. 419, Lisboa), pelas 18h, intervirão Aurélio Santos, do Conselho Nacional da URAP, Américo Nunes, que abordará a vida e a luta dos trabalhadores naquela época histórica, e José Barata, o único participante vivo na Revolta dos Marinheiros de 1936 e que esteve preso no campo de concentração do Tarrafal, onde foi assassinado Bento Gonçalves. Convidamos todos os interessados a participar.