25 de Abril: URAP apresenta estudo sobre presos em Peniche

lancamento memorial presos politicos peniche 1A URAP e a Câmara Municipal de Peniche apresentaram publicamente, dia 25 de Abril, um estudo da autoria da investigadora Olga Macedo sobre os 2500 presos que durante 40 anos estiveram detidos na Cadeia de Peniche.

O estudo de Olga Macedo, da URAP, faz parte do projecto “Memorial da Resistência Antifascista”, a ser erguido em Peniche junto à cadeia, a fim de preservar e conservar a memória dos que ali estiveram detidos.  


lancamento memorial presos politicos peniche 2Olga Macedo, que fez uma breve introdução histórica do Forte de Peniche, efectuou a sua investigação no Registo Geral de Presos da PIDE, depositado na Torre do Tombo, onde consultou 30 mil biografias e fez o levantamento de todos os presos que passaram por Peniche, num total de cerca de 2500.

Presentes igualmente na cerimónia, integrada nas Comemorações do 25 de Abril deste ano, estiveram José Pedro Soares, do Conselho Directivo da URAP, e o presidente da Câmara de Peniche, António José Correia, que presidiu à cerimónia.

António José Correia frisou a importância do protocolo entre a Câmara de Peniche e a URAP assinado em 2007, destinado à construção do memorial e que terá inscrito os nomes de todos os presos políticos da cadeia de Peniche.
José Pedro Soares, ex-preso político, apresentou um emocionante testemunho da sua experiência em Peniche e apelou para a defesa dos valores e ideais do 25 de Abril.