Sessão comemorativa da Revolução de Abril na Guarda

foto_sesso_guarda_20.04.2007Realizou-se no dia 20 de Abril passado, no Auditório da Associação de Estudantes do Instituto Politécnico da Guarda uma Sessão/Debate com o tema: Revolução de Abril (O Regime Fascista - A Luta do Povo - As Conquistas de Abril e a Contra-Revolução).

Esta iniciativa foi promovida pela Associação de Estudantes do Instituto Politécnico da Guarda e pelo Núcleo da União de Resistentes Antifascistas Portugueses (URAP) da Guarda. Foram oradores, Aurélio Santos, Coordenador da URAP, Susana Luís, da Direcção da URAP e Rodrigo Gonçalves Presidente da Direcção da Associação de Estudantes do IPG e Cesaldina Robalo do Núcleo da Guarda da URAP.

Aurélio Santos abordou a tema da Revolução de Abril na sua vertente histórica e destacou também problemas da actualidade como o branqueamento do regime fascista e o aparecimento de actividades de cariz neofascista, tendo afirmado:

"A insistente campanha de branqueamento do que foi o fascismo - em Portugal e no mundo, apaga a falsificação da História, a resistência dos povos e dos que não cederam, não capitularam, e se uniram para vencer a feroz e sangrenta versão de retrocesso social que o fascismo representa." E mais adiante afirmou ainda: "

"Não podemos deixar que o apagamento do que foi a ditadura, e a reabilitação dos seus responsáveis e da sua política abra caminho ao ressurgimento de ideologias fascistas e de práticas políticas nelas inspiradas"