Núcleo da Urap na mostra do movimento associativo de Santa Iria da Azóia

mostra mov associativo santa iriaO núcleo da URAP de Santa Maria de Azóia participou, dias 14 e 15 de Setembro, numa mostra do movimento associativo local, ocupando uma tenda, cedida para o efeito, com quatro painéis e uma permanência constante de membros da organização.

"Santa Iria ao Vivo e Cores", que decorreu no Parque do Castelo de Pirescouxe, foi uma iniciativa da Junta de Freguesia de Santa Iria da Azóia e animou o fim-de-semana com espectáculos e exposições. A tenda da URAP mostrou também aspectos da sua actividade e exibiu num plasma, em simultâneo, vídeos e fotos de iniciativas da URAP, como o Comboio dos 1000 e filmes sobre temáticas da resistência ao nazismo e ao fascismo.


A tenda da URAP despertou grande interesse por parte dos visitantes, muitos dos quais jovens, que colocaram questões sobre a história da organização e a sua luta pela defesa da memória da resistência antifascista, sua importância actual no contexto da destruição dos direitos e ameaças às liberdades alcançadas e a necessidade de persistir na afirmação da democracia com direitos para as gerações mais novas.

Encarnação Raminho, da direcção da URAP, e Olga Macedo, juntaram-se aos coordenadores e aos sócios de Santa Iria que participaram nos turnos que mantiveram sempre aberta a exposição durante as mais de doze horas, em cada dia da mostra.