URAP homenageia tarrafalistas no próximo dia 2 de Abril

mausoleu tarrafalistasA URAP promove no sábado, dia 2 de Abril, pelas 11 horas, uma romagem ao Mausoléu dos Tarrafalistas, no Alto de São João.


No ano em que se assinalam os 80 anos da chegada da primeira leva de presos ao Campo de Concentração do Tarrafal, a URAP apela a todos os democratas para que participem nesta homenagem "Aos que na longa noite do fascismo foram portadores da chama da liberdade e pela liberdade morreram".

 

 

Será prestada homenagem aos 340 presos políticos que passaram pelo campo, entre 1936 e 1954, 32 dos quais aí perderam a vida – os mesmos que se encontram sepultados naquele mausoléu.

 

Sujeitos às mais vis privações, à falta de cuidados médicos, às doenças tropicais, ao trabalho forçado, os presos políticos resistiram e lutaram também eles dentro do campo. Os resistentes antifascistas portugueses nunca esquecerão que existiu um campo de concentração, o Campo da Morte Lenta, que se destinava a prender e a torturar, muitas vezes até à morte, os verdadeiros heróis, aqueles que lutaram por um Portugal livre e democrático.

 

As gerações nascidas depois de Abril devem conhecer e ter orgulho do seu passado histórico e devem ser os seus continuadores. A URAP tudo fará para evitar que haja branqueamento do fascismo em Portugal. Para que nunca mais aconteça!