Concluída primeira fase do projecto museológico na antiga cadeia do Porto

visita museu porto 1a fase 2sO depoimento de antigos presos nas instalações da cadeia da PIDE no Porto, hoje Museu Militar, e uma visita guiada ao espaço, assinalou, dia 4 de Março, a conclusão da primeira fase da implementação do projecto "Do Heroísmo à Firmeza", que visa a instalação de um projecto museológico naquele local.

 

Mais de 80 pessoas, entre as quais a coordenadora da URAP, Marília Villaverde Cabral, e alguns ex-presos políticos naquela cadeia, estiveram presentes para testemunhar a reabilitação física do percurso dos presos políticos com a inerente informação a fornecer ao visitante.

 

visita museu porto 1a fase 1sIntervieram no evento a médica Manuela Praça, que se referiu à luta juvenil e estudantil e à sua prisão, que lhe valeu ficar impedida de concluir o curso, o que veio a suceder apenas depois do 25 de Abril. António Graça, igualmente médico, que partilhou as circunstâncias da sua prisão e o brutal ambiente prisional, no qual sofreu a tortura da estátua e do sono durante vários dias. Jorge Carvalho, antigo activista do Movimento da Juventude, que foi o último preso a ser libertado no dia 26 de Abril de 1974, e recordou o ambiente de tensão vivido nessa altura.

 

 



visita museu porto 1a fase 3sA segunda fase, que agora se inicia, e culminará a 29 de Abril destina-se a transformar o local num retrato vivo da memória colectiva da luta da resistência ao fascismo, e da componente didáctico-pedagógica como eixo importante na formação da identidade das novas gerações.

 

Entretanto, prossegue a campanha de fundos, indispensáveis ao desenvolvimento do projecto. Os contributos devem ser depositados na conta com o seguinte NIB: 0007 0000 0032 5501 3492 3.