URAP no lançamento de "Cartas a André", de Xico Braga

cartas andre xico braga vfx s1Numa iniciativa que contou com o apoio do núcleo local da URAP, Cartas a André, de Xico Braga, foi lançado pela editora "Página a Página", dia 9 de Abril, na UNIÃO DESPORTIVA E COLUMBOFILA ADOSLOUQUENSE (UDCA), em A-dos Loucos, concelho de Vila Franca de Xira, com a apresentação do escritor Domingos Lobo e do autor.


José Ernesto Cartaxo, presidente da Mesa da Assembleia Geral da UDCA, dirigiu a sessão, que contou com a presença de cerca de 40 pessoas, que debateram o conteúdo do livro, um romance epistolar, construído com as cartas escritas para André, um amigo de muitos anos e muitas lutas. Ao lê-las, vencemos as desilusões do autor com um mundo que mudou e com as circunstâncias da vida.

Durante a sessão, foram debatidos ainda os problemas da literatura, em geral, e a sua democratização, e a acção das Secções Culturais das Colectividades Populares na região do Baixo Ribatejo.


s529378120657110253 p64 i1 w220O Jograis "Dois de Palavras" actuaram em seguida, e Domingos Lobo e Manuel Diogo disseram alguns poemas.
José Pinho interpretou canções de Adriano Correia de Oliveira - que nesse dia faria 75 anos -, de José Afonso, de Manuel Freire e de autores latino-americanos.

 

 

 

 

 

 

 

cartas andre xico braga vfx s2Xico Braga nasceu em 1950. Professor desde 1979, desenvolveu a sua actividade, durante 20 anos, no concelho do Seixal. Dedicou-se à divulgação da fotografia nas escolas, promovendo cursos de iniciação e a realização de exposições e encontros com fotógrafos. Foi um dos responsáveis pelo jornal "O Celeiro", da Escola Moinho de Maré. Em 1998, depois de um enfarte, lembrou-se de que queria "ser escritor quando fosse grande" e escreveu o seu primeiro livro de poesia, acreditando que seria o único, mas continuou a escrever outros mais, nomeadamente livros infantis e o presente romance "Cartas a André". Recebeu a medalha de Mérito Cultural, da Câmara Municipal do Seixal, em 2004.