Em Parada de Todeia, Paredes, falou-se de democracia e memória

aprentacao livro peniche paredes sJosé Pedro Soares, um dos ex-presos políticos libertados do Forte de Peniche no dia 27 de Abril de 1974, foi o orador convidado para uma sessão destinada a celebrar o 25 de Abril e a luta da resistência antifascista, dia 12 de Janeiro, na Junta de Freguesia de Parada de Todeia, concelho de Paredes.

 

Presidida pelo presidente da Junta de Freguesia, Albertino Santos, que saudou a iniciativa enquadrando-a num dos objectivos que tem pautado a acção daquela Junta, coube a Cristiano Ribeiro, eleito da CDU na Assembleia Municipal de Paredes, fazer a apresentação do orador convidado.

 

José Pedro Soares lembrou, com muitos factos e histórias vividas, o que foi a repressão fascista, mas também a capacidade de resistência dos que sempre acreditaram e lutaram pela liberdade e a democracia.

 

apresentacao livro peniche paredes s2Falou ainda sobre a importância da preservação da memória que, finalmente e graças à luta dos democratas, vai assegurar que o fascismo não seja esquecido nem branqueado através do Museu Nacional da Resistência, no Forte de Peniche.

 

Soares referiu também as preocupações do momento actual, sobretudo a situação internacional.

 

O interesse da sessão para os 40 participantes pode reflectir-se através do agradecimento de um dos presentes: "sinto que saio muito enriquecido com tudo o que ouvi aqui".