Núcleo da URAP de Aveiro promove Abril nos Canais

aveiro abrilnoscanais s7A URAP idealizou / A Banda Amizade gostou / Ambos pensaram como avançar / Os cantores aceitaram / O espectáculo nasceu / Todos continuaremos Abril.

 

Foi assim que se iniciou em off o espectáculo musical organizado pelo núcleo de Aveiro da URAP e a Banda Amizade, dia 26 de Abril, para festejar os 45 anos da Revolução dos Cravos.

 

As mais de 400 pessoas presentes puderam assistir e participar numa noite memorável. Manuel Freire e Francisco Fanhais cantaram e encantaram acompanhados pela sobriedade e elegância duma vibrante Banda de cerca de 80 elementos – Banda Sinfónica de Aveiro-Banda Amizade.

 

 

aveiro abrilnoscanais s2Francisco Fanhais cantou quatro temas a solo, com a sua viola, a que se segue idêntica intervenção de Manuel Freire. Temas todos bem conhecidos e que desde logo agarraram o público.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

aveiro abrilnoscanais s3Em seguida, entrou no palco a Banda Sinfónica de Aveiro-Banda Amizade que conjuntamente com Farncisco Fanhais e com Manuel Freire apresentaram uma sequencia de canções que fizeram reviver a resistência ao fascismo e alertaram para a permanente atenção que devemos manter.

 

Estes dois vultos da canção de intervenção portuguesa, ambos ex resistentes ao fascismo, foram acompanhados pela primeira vez por uma orquestra sinfónica, segundo declararam.

 

 

 

 

aveiro abrilnoscanais s1Os espectadores assistiram a um desfraldar de êxitos bem conhecidos e brilhantemente enriquecidos pela música da Banda Sinfónica de Aveiro. Canções de todos conhecidas como "Corpo renascido", "Cantata da Paz" ou "Livre" e "Pedra Filosofal".

 

No final todos os intervenientes, músicos, cantores e público presente cantaram a Grândola. De salientar que um dos intervenientes, Francisco Fanhais, foi um importante colaborador de José Afonso na primeira gravação deste Hino do 25 de Abril