Cresce a indignação de Democratas contra o Museu Salazar

25abrilretratosalazar 72dpiA URAP, logo após ter tomado conhecimento pela Comunicação Social das declarações do Presidente da Câmara de Santa Comba Dão, sobre a nova investida de criação de um Museu Salazar, alertou num comunicado, em 30 de Julho passado, para o perigo que tal projecto, a concretizar-se, constituiria. Seria um polo de saudosismo fascista e de revivalismo do regime opressor, derrubado em 25 de Abril de 1974.


A URAP lembrou a luta que se travou em 2007 contra este mesmo propósito em que, entre várias outras iniciativas, apresentou à Assembleia da República uma Petição com milhares de assinaturas.


A URAP valoriza a carta assinada por 204 ex-presos políticos, dirigida ao Presidente da Assembleia da República e ao Primeiro-ministro, rejeitando a criação deste Museu e apelando à intervenção destes Órgãos do Estado para conter esta iniciativa que desrespeita a Constituição da República Portuguesa.


A URAP apela, mais uma vez, à mobilização de todos os democratas e antifascistas contra este insulto ao povo português.
Na Internet está a circular um abaixo-assinado de democratas, dirigido ao Primeiro Ministro, em apoio da carta dos ex-presos políticos.


Para assinar, aceda à Petição "Museu de Salazar, Não".


Tal como em 2007, com a determinação de todos os democratas, também venceremos esta nova ofensiva.