Monumento evocativo da libertação dos presos políticos da cadeia do Forte de Caxias

fotoconstrucaomonumentocaxiasUma peça escultórica evocativa da libertação dos presos políticos da prisão de Caxias, que ocorreu dia 26 de Abril de 1974, da autoria do escultor Sérgio Vicente, com o número de presos que estiveram detidos no Forte entre 1936 e 1974, vai ser inaugurada no dia 10 de Junho às 12:00, na Estrada de Gibalta, junto à Estação da CP de Caxias.

 

A inauguração da peça, escolhida por um júri entre diversas propostas apresentadas, esteve inicialmente prevista para 26 de Abril passado, mas só agora vai ser possível em resultado do atraso das obras devido à pandemia.

 

Junto ao monumento existe um passeio em barras, de pedra calcária, no qual está gravado o número de presos, ano a ano, que, de 1936 a 1974, passaram por aquela cadeia. Este número foi apurado pela URAP, após um trabalho realizado nos últimos anos na Torre do Tombo de consulta minuciosa aos registos nas fichas da PIDE que se encontram aí depositadas.

 

A URAP apela aos sócios e amigos - sobretudo aos ex-presos políticos que estiveram naquela cadeia do fascismo - para que compareçam à inauguração, que é igualmente uma homenagem aos resistentes antifascistas portugueses.