Aos soldados da GNR e aos guardas da PSP

História > História

aos_soldados_da_gnr_doc_pcp_abril_1958Comunicado do PCP, Abril de 1958

"Ninguém nega que a vida dos trabalhadores do nosso País é uma vida de miséria.[...] É que se na PSP ou na GNR há carrascos como o Tenente Carrajola que assassinou a camponesa Catarina Eufémia [...] há também soldados que procuram ajudar o nosso povo sempre que podem. Não é de admirar![...]"

 

 

 

aos_soldados_da_gnr_doc_pcp_abril_1958