Na morte de Flávio Sardo

Flavio Sardo sO advogado antifascista Flávio Sardo, que participou e organizou os II e III Congressos da Oposição Democrática, morreu quarta-feira em Aveiro aos 86 anos.


Flávio Sardo foi presidente da Comissão Administrativa do Município de Aveiro, designada após a queda da ditadura (entre 1974 e 1976), e foi-lhe atribuída a Medalha de Mérito Municipal em prata. A Câmara Municipal de Aveiro decretou para hoje, 21 de Junho, dia de luto municipal.


Em 7 de Abril passado, nas comemorações dos "45º aniversário do III Congresso da Oposição Democrática", organizadas pela URAP, o advogado aveirense fez uma intervenção na sessão solene e recebeu uma placa evocativa oferecida pela URAP aos membros da Comissão Executiva do COD presentes e a familiares dos já desaparecidos, em cerimónia realizada no Museu da Cidade.


A URAP presta homenagem ao democrata Flávio Sardo e envia condolências à família.