História

Discurso proferido em francês, russo, polaco, inglês e alemão, na cerimónia fúnebre do campo de Buchenwald, a 19 de Abril de 1945.

A URAP esteve presente no encontro internacional de juventude, no campo de concentração de Buchenwald, na Alemanha, por ocasião do 63º aniversário da auto-libertação deste campo.

«Camaradas!

Nós, antifascistas de Buchenwald, estamos aqui hoje para prestar homenagem aos

51.000 presos assassinados pela besta nazi e seus aliados, em Buchenwald e seus destacamentos exteriores!

51.000 fuzilados, enforcados, pisados, assassinados, asfixiados, afogados, esfomeados, envenenados (lavados)

51.000 pais, irmãos - filhos morreram de uma morte cruel, por lutarem contra o regime assassino fascista.

51.000 mães e mulheres e milhares de crianças acusam!

Nós, sobreviventes e testemunhas das bestialidades nazistas, vimos, com raiva impotente, os nossos camaradas tombarem.

Se houve algo que nos segurou à vida, foi o pensamento:

O dia da vingança chegará!

Hoje somos livres!

Agradecemos ao Exército Aliado, aos americanos, aos ingleses, aos soviéticos e a todos os exércitos da liberdade, que combateram pela paz e pela vida, por nós e por todo o mundo.

Recordamos também aqui, o grande amigo dos antifascistas de todos os países, um dos organizadores e iniciadores da luta por um novo Mundo democrático e pacífico: F. D. Roosevelt. Honra à sua memória!

Nós, ex-prisioneiros de Buchenwald, russos, franceses, polacos, checos - eslovacos e alemães, espanhóis, italianos e austríacos, belgas e holandeses, ingleses, luxemburgueses, romenos, jugoslavos e húngaros, lutámos em conjunto contra as SS, contra os criminosos nazis, pela nossa própria libertação.

Animava-nos uma ideia:        

A nossa causa é justa! A vitória será nossa!

Nós travámos, em muitas línguas, a mesma dura luta impiedosa e com numerosas vítimas, luta essa que ainda não está terminada.

Ainda flutuam bandeiras hitlerianas!

Os assassinos dos nossos camaradas ainda estão vivos!

Os nossos verdugos sádicos ainda andam por aí à solta!

Por isso, nós juramos perante todo o mundo, nesta parada, neste lugar do horror fascista:

Só daremos por terminada a nossa luta, quando o último dos culpados estiver perante os juízes representantes dos povos!

O extermínio do nazismo e suas raízes é o nosso lema.

A construção de um mundo novo de paz e de liberdade é o nosso objectivo.

Devemos isso aos nossos camaradas assassinados e aos seus parentes.

Como sinal da vossa disponibilidade para esta luta, levantem a mão para o juramento e repitam comigo:

                                   NÓS JURAMOS!

»

Print Friendly, PDF & Email

Segue-nos no...

logo facebook

Boletim

foto boletim

Faz-te sócio


Ficha SócioInscreve-te e actualiza a tua quota
Sabe como

Quem Somos

logotipo urap

A URAP foi fundada a 30 de Abril de 1976, reunindo nas suas fileiras um largo núcleo de antifascistas com intervenção destacada durante a ditadura fascista. Mas a sua luta antifascista vem de mais longe.
Ler mais...
União de Resistentes Antifascistas Portugueses - Av. João Paulo II, lote 540 – 2D Loja 2, Bairro do Condado, Marvila,1950-157, Lisboa