Saudação do Presidente da FIR no Encontro Internacional URAP-GUE/NGL

Saudação de Michel Vanderborgt, Presidente da FIR, no Encontro Internacional "A Democracia Face ao Branqueamento do Fascismo", 20 e 21 de Junho de 2008, Setúbal

Caros participantes,

Em primeiro lugar quero exprimir o meu agradecimento pessoal à URAP, por me ter convidado a participar nesta reunião internacional.

É com grande alegria que vos transmito os parabéns da minha Associação "le Front de L`Independance - L`Armée  Belge dês Partisans et ses Milices Patriotiques".

Mas, é particularmente, enquanto Presidente da " Federação internacional dos Resistentes - FIR - Associação Antifascista" que trago como missão de vos transmitir as saudações democráticas das nossas 57  federações filiadas, de 22 países europeus e de Israel.

A URAP, é uma das nossas Federações mais fiéis com um passado histórico, mas ao mesmo tempo virada para o futuro em  comunhão com as gerações mais novas.

Orgulhamo-nos de contar convosco entre os nossos membros.

Meus Amigos,

Os grupos neo-fascistas tornam de novo as nossas ruas perigosas.

Em certos países, eles ocupam de novo, os cargos das administrações locais e os assentos parlamentares. Eles beneficiam de uma atenção inapropriada da Televisão, da Rádio e da imprensa escrita.

A 19 e 20 próximos, os partidos de extrema direita europeus querem organizar um congresso de dois dias em Colónia. Os seus tenores mais conhecidos, entre os quais: Le Pen ( França ) Nik Griffin ( Inglaterra ), tomarão a palavra. A FIR já iniciou uma campanha para impedir tal acontecimento.

De facto a palavra " fascismo" nunca desapareceu do vocabulário contemporâneo e mais particularmente no decurso de debates polémicos a propósito de "esquerda e direita".

É por vezes fonte de confusão e incompreenção entre a juventude.

O "problema" é suficientemente grave para não ser denunciado.

Assim, seria útil discutir o assunto - ou pelo menos alguns dos seus aspectos, que tendo em conta a experiência dolorosa, de pelo menos três gerações e de fontes de "Recontaminação" possível de sociedades como a nossa.  

Camaradas,

Devemos estar vigilantes e atentos a situações locais.

Estes últimos anos, a "FIR" obteve sucessos, com um olhar pleno de esperança no futuro, e pôde assim entusiasmar a juventude com o seu programa claramente antifascista.

Quero ainda referir-me à reunião internacional de 10 a 14 de Abril último, em que 1800 "jovens e veteranos" vindos de 22 países europeus, juntos repetiram o juramento dos antigos prisioneiros: "Fascismo Nunca Mais".

Temos uma enorme confiança na juventude actual.

Juntos, continuaremos mobilizados, com o nosso sangue e as nossas lágrimas, para preservar os Direitos Democráticos que conquistamos.  

Quero agradecer a oportunidade de poder dirigir-vos estas palavras.

Avante... sem jamais esquecer o passado.

Michel Vanderborght

Presidente da FIR

Setúbal, 20 de Junho de 2008