Nota de pesar pelo falecimento de Malangatana

malangatana.jpgFaleceu Malangatana. A URAP presta homenagem ao grande artista, mas também ao combatente pela liberdade do seu país contra o colonialismo. Malangatana Valente Ngwenya nasceu em Moçambique. Foi preso pela PIDE em 1964 e levado para a prisão de Machava, onde esteve dois anos e onde foi torturado barbaramente. Malangatana deu aulas na Faculdade de Belas Artes do Porto, colaborou com a UNICEF e foi nomeado artista pela Paz pela UNESCO.

Em Portugal foi distinguido com a Ordem do Infante D. Henrique.

À sua família e ao Povo Moçambicano, por quem tanto lutou, a URAP envia as mais sentidas condolências.