Contra a ameaça fascista no Brasil, unidade e luta de todos os democratas

GritoDosExcluidos tp 330 228Nas eleições presidenciais do Brasil, no próximo domingo, trava-se um confronto a que nenhum democrata pode ficar indiferente. Num contexto de grave crise económica e social, o grande capital (grupos económicos e financeiros, grandes agrários), apoiado por uma gigantesca campanha de manipulação das massas que fomenta o medo e a insegurança, joga tudo numa solução política autoritária, cujo cariz fascista é já abertamente declarado pelo candidato e seus apoiantes.


O Brasil que conheceu os horrores da ditadura militar (1964-1985) volta a estar sob a ameaça de nova ditadura e de privação das liberdades fundamentais.


O perigo é real e imediato. A neutralidade, abstenção ou indiferença são, nesta batalha, o favorecimento da escalada fascista.


A  URAP manifesta a sua mais profunda solidariedade para com todos os democratas que, no Brasil, se mobilizam para impedir que a ameaça fascista se concretize por via eleitoral e que a luta por um Brasil mais desenvolvido e justo possa prosseguir a aprofundar-se em democracia, tolerância e liberdade.