Os Presos e as Prisões Políticas em Angra do Heroísmo

capa livro prisoes angra 2Os Presos e as Prisões Políticas em Angra do Heroísmo

1ª edição

Edição: URAP

Ano: 2022

ISBN: 978-989-53074-1-8

 

Preço: 5€ (+ portes)

Venda presencial ou por encomenda para: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Inclui os nomes dos 645 presos (1933-1943)

Esta obra conta as histórias, a vida e o sofrimento de mais de 600 antifascistas, os quais, durante 10 longos anos (1933/1943), numa belíssima ilha do Arquipélago dos Açores, Terceira de seu nome, em Angra do Heroísmo, cidade de feitos libertários e Património Cultural, viveram tempos desumanos e cruéis nas prisões políticas da ilha: Fortaleza de São João Baptista e Castelo de São Sebastião (Castelinho) e, dentro das suas muralhas, em masmorras sórdidas onde a barbárie habitava: Poterna e Calejão.

Lemos este livro e interrogamo-nos: como foi possível? Que ódios, que medos ungiram o desumano terror que o fascismo de Salazar e Caetano, sob a mão persecutória e tentacular da PIDE, espalhou pelo País durante 48 anos. Perseguições, vilezas, torturas, suplícios, humilhações soezes, o pão negado a todos aqueles, homens e mulheres que de fronte levantada e com as frágeis armas das ideias justas, ousaram dizer NÃO! A morte às mãos dos algozes.

Tempos de infâmia e de vergonha, mas também tempos de coragem, de resistência e luta. Neste livro se contam, para que a memória permaneça actuante e viva e a História registe a verdade dos dias de cativeiro desses antifascistas (que nestas páginas se homenageia e nelas inscrevem o seu nome), suas angústias, seu modo sagaz de torcer o destino, de inventar a claridade em tempo de trevas. Modos de enfrentar o medo criando códigos, lendo, aprendendo, criando laços afectivos, entreajudando-se. Construindo alicerces de Paz e Pão, para os dias do futuro.

Este livro diz-nos desse património único de coragem, de altruísmo e luta. Memória perene das gerações que resistiram ao fascismo em nome de ideais de justiça, de liberdade livre, de fraternidade, num Portugal outro. Sem usura. Sem exploradores nem explorados.

Print Friendly, PDF & Email

Segue-nos no...

logo facebook

Viagem aos Açores

fortaleza sao joao batista8 a 12 de Maio de 2022
Sabe mais. Inscreve-te.

Boletim

foto boletim

Faz-te sócio

ficha inscricao 2021Inscreve-te e actualiza a tua quota
Sabe como

Quem Somos

logotipo urap

A URAP foi fundada a 30 de Abril de 1976, reunindo nas suas fileiras um largo núcleo de antifascistas com intervenção destacada durante a ditadura fascista. Mas a sua luta antifascista vem de mais longe.
Ler mais...
União de Resistentes Antifascistas Portugueses - Av. João Paulo II, lote 540 – 2D Loja 2, Bairro do Condado, Marvila,1950-157, Lisboa